12 Livros para 2017

15:00

Fim de ano sempre bate aquela empolgação para fazer planos e promessas: vou tantos dias na semana para a academia, vou pegar firme na dieta, entregar todos os trabalhos da faculdade na data, vou ler 50 livros... E então, já vimos que é tudo empolgação do momento.
Assim aconteceu no final de 2015, quando escrevi um post com a Meta de Leitura para 2016 e lá listei 50 livros, que pretendia ler, porém muitos deles ficaram só na pretensão mesmo. Para 2017 resolvi ser mais realista, levando em conta que quase nunca sigo à risca essas listas, porque minhas leituras são guiadas muito mais pelo o que eu estou com vontade ler do que pela tal meta de leitura.

Desta vez, trouxe uma seleção bem menor se comparada à anterior. E pretendo ler um livro por mês desta lista, na ordem em que eu desejar, claro. Para fazer essa seleção me baseei na lista de 50 livros (da qual li uns 10 livros, apenas) e nos livros que comprei e ficaram parados na estante. Sem mais delongas, vamos a lista!
  • O Jardim Secreto – Frances Hodgson Burnett
Lembro-me de muitas vezes ter assistido o desenho dessa história, mas nunca me recordava o nome. Assim, que descobri já quis ler de impulso, porém tal vontade acabou esquecida e renegada durante 2016.


O Jardim Secreto conta a história de duas crianças solitárias que decidem restaurar um jardim proibido, cujo mistério remete a um acidente ocorrido anos atrás.A amizade improvável entre os dois personagens funciona como uma metáfora para a descoberta do mundo e para o autoconhecimento. (retirado de skoob.com.br)

  • O Sol é Para Todos – Harper Lee
Esse livro foi uma indicação que peguei no canal do Vitor Martins e desde então vejo em tudo quanto é blog e canal.


Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça. (retirado de skoob.com.br)

  • 1984 – George Orwell
Considerado um dos pais da distopia, esse romance entrou na minha listinha desde que li Jogos Vorazes, mas cadê o tempo e o empenho pra começar.


Romance distópico clássico do autor britânico George Orwell. Terminado de escrever no ano de 1948 e publicado em 8 de Junho de 1949, retrata o cotidiano de um regime político totalitário de modelo comunista. No livro, Orwell mostra como uma sociedade oligárquica é capaz de reprimir qualquer um que se opuser a ela. (retirado de skoob.com.br)


  • Extraordinário – R. J. Palacio
O hype desse livro parece nunca acabar, então creio que ainda não estou tão atrasada com a leitura desse livro tão comentado na internet e no mundo literário.


O livro conta a história de Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial. Em um manifesto em favor da gentileza, ele enfrenta uma missão nada fácil quando começa a frequentar a escola pela primeira vez: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros. (retirado de skoob.com.br)


  • Kafka à beira-mar – Haruki Murakami
Depois de ler o conto Sono do mesmo autor, queria começar a ler tudo do autor, mas como sempre outras leituras entraram na frente, o que não fez a vontade de ler os livros do autor. Resolvi começar por esse título por indicação de uma amiga.


A vida de Kafka Tamura é narrada pelo próprio, que vive sozinho com o pai em Tóquio há mais de dez anos, desde que sua mãe saiu de casa, sem dizer uma palavra, levando sua irmã mais velha com ela. Kafka ainda era um menino quando ouviu seu pai lhe dizer: “Um dia você irá matar o seu pai e dormir com sua mãe.” É para fugir desse destino e evitar que as palavras de seu pai se tornem realidade que o menino, já adolescente, resolve fugir de casa e ir ao encontro da mãe. (retirado de skoob.com.br)

  • A Resposta – Kathryn Stockett
Já havia iniciado a leitura desse livro a algum tempo atrás e não cheguei nem na metade. Agora pretendo concluir, porque nem a temática, nem a escrita deixam a desejar para ser uma leitura dessas que, geralmente, abandonamos.


Eugenia Skeeter Phelan acabou de se graduar na faculdade e está ansiosa para tornar-se escritora, mas encontra a resistência da mãe, que quer vê-la casada. Porém, o único emprego que consegue é como colunista de dicas domésticas do jornal local. É assim que ela se aproxima de Aibellen, a empregada de uma de suas amigas. Em contato com ela, Skeeter começa a se lembrar da negra que a criou e, aconselhada a escrever sobre o que a incomoda, tem uma ideia perigosa: escrever um livro em que empregadas domésticas negras relatam o seu relacionamento com patroas brancas. (retirado de skoob.com.br)

  • Toda Luz Que Não Podemos Ver – Anthony Doerr
Há algum tempo já queria ler mais livros sobre Segunda Guerra Mundial. E desde o lançamento desse livro, estou tentando reservar um espaço para sua leitura.


Marie-Laure vive em Paris, perto do Museu de História Natural, onde seu pai é o chaveiro responsável por cuidar de milhares de fechaduras. Quando a menina fica cega, aos seis anos, o pai constrói uma maquete em miniatura do bairro onde moram para que ela seja capaz de memorizar os caminhos. Na ocupação nazista em Paris, pai e filha fogem para a cidade de Saint-Malo e levam consigo o que talvez seja o mais valioso tesouro do museu. Em uma região de minas na Alemanha, o órfão Werner cresce com a irmã mais nova, encantado pelo rádio que certo dia encontram em uma pilha de lixo. Com a prática, acaba se tornando especialista no aparelho, talento que lhe vale uma vaga em uma escola nazista e, logo depois, uma missão especial: descobrir a fonte das transmissões de rádio responsáveis pela chegada dos Aliados na Normandia. Cada vez mais consciente dos custos humanos de seu trabalho, o rapaz é enviado então para Saint-Malo, onde seu caminho cruza o de Marie-Laure, enquanto ambos tentam sobreviver à Segunda Guerra Mundial. (retirado de skoob.com.br)

  • Contos de Fadas – Charles Perrault, Irmãos Grimm, Hans Christian Andersen
Ganhei a edição bolso de luxo, há uns dois anos e agora que estou tentando ler boa parte dos livros que estão parado aqui na estante, coloquei esse na lista e ele também fará parte de um projeto que começará este ano.


Em um só volume encadernado, as mais famosas histórias infantis, em suas versões originais, sem adaptações, de Grimm, Perrault e Andersen, entre outros. Nesses contos de fadas, bruxas, princesas, encantamentos e finais felizes! (retirado de skoob.com.br)

  • O Jogo do Anjo – Carlos Ruiz Záfon
Comprei esse livro em um box especial, com A Sombra do Vento e ele, na bienal do livro de 2012. E até hoje ele está parado na minha estante. Vamos ter confiança, que esse ano ele será lido.


Aos 28 anos, desiludido no amor e na vida profissional e gravemente doente, o escritor David vive sozinho num casarão em ruínas. É quando surge em sua vida Andreas Corelli, um estrangeiro que se diz editor de livros. Sua origem exata é um mistério, mas sua fala é suave e sedutora. Ele promete a David muito dinheiro e sua simples aparição parece devolver a saúde ao escritor. Contudo, o que ele pede em troca não é pouco. E o preço real dessa encomenda é o que David precisará descobrir. (retirado de skoob.com.br)

  • Sete Minutos Depois da Meia Noite – Patrick Nesss
Super indicado pelo booktube, sempre tive vontade Patrick Ness e recentemente ganhei este livro, que já vai estar nas telinhas em breve. Então vou unir o útil ao agradável.


Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida. A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido. O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a verdade. (retirado de skoob.com.br)

  • Sobre a Escrita – Stephen King
Nunca li nenhuma palavra do KIng, o mais próximo que cheguei perto da sua obra, foi quando assisti O Iluminado. Como ele tem milhares de livros publicado, resolvi seguir a indicação de amigos e blogueiros e começar com esse livro.


Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King. E, junto a tudo isso, o autor oferece uma aula incrível sobre o ato de escrever, citando exemplos de suas próprias obras e de best-sellers da literatura para guiar seus aprendizes. (retirado de skoob.com.br)

  • A Queda – Albert Camus
Conheci o autor através da indicação de um amigo e comecei a ler O Estrangeiro, um tempo depois ganhei esse livro de presente. E ele já está tomando pó na estante faz uns 3 anos.

O narrador, autodenominado "juiz-penitente", faz uma grande denúncia da própria natureza humana misturada a um penoso processo de autocrítica. (retirado de skoob.com.br)
Além dos critérios que já citei para escolher os livros, também quis balancear aquele meu desejo de ler clássicos, principalmente, por demandarem tempo e concentração, com os gêneros que já estou habituada a ler. Não esqueça de comentar quais livros você pretende ler em 2017 e se temos algum livro em comum na lista.

Um 2017 cheio de leituras pra gente!



You Might Also Like

23 comentários

  1. Oi Letícia, tudo bem?

    Eu preciso ser mais realista tb heheheheh 1984 é ótimo, um dos melhores livros da vida! E quero ler A resposta esse ano! Adorei sua lista!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, estou tão ansiosa para ler 1984, todo mundo fala do quanto ele é bom. E A Resposta eu já tinha começado a ler, mas acabei não dando seguimento para leitura, apesar de estar achando o livro incrível. Sorte para gente ler tudo o que queremos (ou o que pudermos) em 2017!

      Beijos ♥

      Excluir
  2. Olá, Letícia. Tudo bom?
    Menina essa coisa de meta, de escolher quantidades imensas de livros para ler num ano não dá pra mim. Sou totalmente fora de ordem, bem de momento. Se eu escolher eu perco a vontade e faço o que não está na regra (aquariano nato). Mas esse ano fiz uma meta simples para os próximos seis meses, que é ler um livro clássico ou não popular, que está na minha estante. Bem já escolhi o de janeiro.

    Da sua lista quero muito ler "O jardim secreto", tenho "SObre a Escrita" e quero muito ler também, assim como Extraordinário (lá vem filme aí) e "Sete minutos...", que será uma das minhas próximas leituras.

    Bjux.
    Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois de vários flops seguidos com minhas metas, aprendi que isso não é pra mim e resolvi simplificar. Sei que vou ler bastante independente de meta, então é só aproveitar a leitura. A listinha é mais pra não se perder, porque eu sou quase uma pisciana HAHAHA.

      Tentei variar entre clássicos e livros mais populares na minha meta, tomara que eu goste de todos!

      Beijos ♥

      Excluir
  3. Oi Lê!
    Gostei da sua lista, tb sou assim, bem realista com listas. Coloco apenas coisas que são possíveis. O jardim secreto eu já vi o filme, é bem antigo e bonito. Dos outros queria ler extraordinário, que já estão gravando o filme, né?
    Tenho a meta de ler os livros q comprei ano passado e só! HAHAHAH
    Vamos ver se consigo. Beijos!

    www.vintagemoderno.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aah, Fernanda! Estamos todos ansiosos pra ver como vai ficar Extraordinário ♥ Espero conseguir ler o livro antes. Tomara que você consiga cumprir a meta de ler tudo que tem na estante e não sair comprando mais livros antes disso, que nem eu haha

      Beijos!

      Excluir
  4. Oláá! Tudo bem?
    Adoro ver essas metas! Ainda não consegui traçar exatamente a minha não.. Só que gostaria (não sei se será possível) diminuir pela metade a quantidade de livros não lidos que eu tenho até a bienal - isso quer dizer, uns 20 :O hahaha
    Legal, não sabia que 1984 era uma distopia, fiquei interessada..
    estou querendo ler extraordinário e esse sobre a escrita que deve ser muito boom!!
    seguindo aqui! :)
    #EquipeCrucio

    beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tamara! Como estão indo as leituras?!

      Estou tentando manter o foco nas leituras do TorneioMLV, mas tá difícil :/ Espero que consiga ler todos os livros que estão na estante, o meu maior problema com isso é que alguns livros eu compro por impulso e quando vou ler a história nem me cativa. Porém os que estão na meta são um caso a parte e pretendo mesmo cumprir. Boa sorte com as leituras! Beijos

      #EquipeCrucio

      Excluir
  5. Oii Lê!
    Caramba, adorei suas escolhas, vários lacres haha
    E vou confessar que não sou nada boa com metas, mas mesmo assim as faço, a minha dese ano tá SUPER modesta. Mas vendo a sua lembrei de alguns que eu queria ter colocado na minha hahah
    Vou torcer para que você consiga cumprir sua meta haha
    Um beijo,
    Paloma <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pa <3

      Espero que as leituras tão sejam vários lacres hahah
      Também sou péssima com metas, mas é sempre bom escolher as prioridades na lista de leitura, agora no máximo coloco um número de livros que quero ler. Tomara que esse ano a gente cumpra a meta e dobre ela haha

      Beijos

      Excluir
  6. Eu sou louca para ler "O Sol é para todos" e "Extraodinario", assim que terminar todos os livros que eu quero ler, eu juro que vou ler os dois. Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito das dicas sobre os livros mais eu gostei mais do segundo.livro

    ResponderExcluir
  8. amei os livros vou querer ler tambem

    ResponderExcluir
  9. Amei os livros, vou ver se compro o Jardim Secreto! Bjs

    ResponderExcluir
  10. Eu gostei do ''A Resposta'' Quero comprar para ler, aparenta ser um livro que eu vou gostar muito! <3

    ResponderExcluir
  11. Eu estou vendo vários posts assim, e acho que tá na hora de fazer uma lista dessas também. Ano passado, foi um ano bem corrido por causa da faculdade e n li quase nada. Preciso me organizar rsrs Adorei os livros, e alguns até vão entrar na minha lista também, pois achei beeem interessante. Ótimo post, beijos.

    ResponderExcluir
  12. Eu sou louca para ler o Extraordinário me disseram que ele é muito bom.

    ResponderExcluir
  13. Nossa, só livro bom nessa lista. Vou até copiar algumas indicações pra eu ler também

    ResponderExcluir
  14. J atenho uma lista enirme de livros e ainda descubro Extraordinario agora... ferrou kkk'

    ResponderExcluir
  15. Simplesmente AMEI sua lista! Já estou com " toda luz que não podemos ver" para ler! E quero muito ler " O sol é para todos".

    Esse ano coloquei uma meta de leitura (nunca tinha feito isso) e pretendo ler 20 livros! Tomara que eu consiga kkk

    Beijo e sucesso :*

    ResponderExcluir
  16. Gostei da lista. 1984 é um livro excelente e dessa lista também destaco ''O Sol é para todos''. Boa leitura pra ti.

    ResponderExcluir
  17. Adorei os livros! "A resposta" é ótimo livro!

    ResponderExcluir
  18. Dois desses livros eu to doida pra ler, O sol é para todos e Extraordinário
    http://porcimadacabeceira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O que achou? Deixe seu comentário! :)
Obrigado por nos visitar

Refração Cultural no Facebook

Refração Cultural no Twitter

Subscribe